MENU

NEWS

PRIMEIRO SÁBADO

Terço no 1º sábado do mês

MISTÉRIOS GLORIOSOS

 

1 - A RESSURREIÇÃO DE JESUS

Numa cultura cada vez mais materialista e, infelizmente, sempre mais ateia, corremos o risco de perder completamente a visão cristã da vida.

Acreditando só no que se vê e no que se pode explicar segundo critérios humanos (tal como 2+2 são 4), esquecemo-nos das Verdades Eternas que a Santa Igreja e os Santos sempre ensinaram. É tempo de voltar a falar “forte” das realidades invisíveis, de esclarecer dúvidas e preencher ignorâncias… isto sem medo de sermos assinalados como antiquados ou como pessoas pouco concretas.

A Tradição da Igreja ensina-nos a presença dos Novíssimos: 4 verdades de fé indispensáveis para ler e perceber melhor o sentido do nosso estar no mundo.

O primeiro dos Novíssimos é a “MORTE”. Alguém dirá que não precisa de muita fé para acreditar numa coisa que é tão real aos olhos de todos. A “Morte” é um facto: aconteceu, acontece, mas nem sempre acontecerá. A mentalidade ateia descreve a morte como uma luz que se apaga, as funções humanas que se desligam ou algo de horroroso, que provoca medo… pois é, tudo aquilo que não conseguimos entender no final causa medo.

Para um cristão a “Morte” é simplesmente uma PASSAGEM.

Fixemos o nosso olhar sobre o Sepulcro vazio de Jesus. Também Ele morreu, mas o Seu corpo na manhã de Páscoa já lá não estava.

A “Morte” entrou no mundo pelo pecado original, mas não tem a última palavra.

 

 

2 - ASCENSÃO DE JESUS AO CÉU

Outra Verdade pouco falada é a VIDA ETERNA. Na Ascensão vemos o Senhor subir e desaparecer no céu. Os apóstolos ficaram perturbados e tristes, antes de escutarem dois homens vestidos de brancos que lhes disseram: “Homens da Galileia, porque estais a olhar para o Céu? Esse Jesus, que do meio de vós foi elevado para o Céu, virá do mesmo modo que O vistes ir para o Céu”. Então, Ele está vivo e há uma vida que nunca acabará.

Perto de Jesus estão os nossos defuntos, aqueles que já viram a passagem e que para alguns é de vida para a morte, mas na verdade é mais certo dizer que é da morte à vida.

Em cada dia experimentamos o lado difícil de vida, a fatiga de trabalhar, as doenças do nosso corpo, as lutas do nosso coração, dores morais… mas também temos as alegrias, factos bons, sim, mas que não eliminam os sofrimentos. E a maior dor é a falta de amor que por vezes passamos. É isto a vida? Se tudo se reduzisse a aguentar o que acontece… a vida seria muito triste! E se tudo acabasse assim… não faria sentido.

A vida eterna do qual o Senhor nos falou e nos deu inumerosas provas para nos ajudar a vencer a incredulidade, é o que unicamente pode dar sentido ao nosso existir. Ela é meta, o objetivo, o destino… entrar na vida eterna é o desejo maior dos cristãos, não porque desejem morrer, mas porque percebem que no próprio coração há uma saudade de algo, que nada nesta terra nos satisfaz plenamente, que as dores são insuportáveis para quem não tem fé. Não desprezamos a vida, mas percebemos que somos feitos para algo maior, para uma vida imersa no Amor de quem nos criou. Cuidado: a vida eterna começa hoje, no nosso dia a dia; quanto mais nos aproximamos de Deus através dos meios que Ele nos deixou para que nos sustentássemos no caminho, tanto mais experimentamos desde agora a beleza da vida eterna: é como começar a comer um bolo muito bom que só vamos acabar de saborear totalmente no céu.

 

 

3 - A DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO

Para viver desde agora uma antecipação da vida eterna é preciso ouvir a voz do Espírito Santo. Deus deixou-nos o seu Espírito porque sozinhos nada podemos fazer. Precisamos da ajuda dos irmãos, mas ainda mais precisamos da GRAÇA DE DEUS ou da graça santificante.

O que é a Graça de Deus? Porque precisamos tanto dela? Onde posso encontra-la?

Diz o Catecismo da Igreja Católica que “a graça santificante é um dom habitual, uma disposição estável e sobrenatural, que aperfeiçoa a alma, mesmo para a tornar capaz de viver com Deus e de agir por seu amor”.

É a voz do Espírito Santo que fala aos corações, que inspira como nos comportarmos. Como precisamos de aprender a escutar esta voz!

Quantas vezes o homem se encontra em situações difíceis, infeliz, só, ou no pecado por ter feito escolhas erradas. E, assim, tornamo-nos também causa de sofrimento para os outros.

Devemos perceber que o pecado original deixou em nós feridas imensas, que não temos a capacidade de viver bem ou seja de ser boas pessoas, justas, cheias de amor, sem a ajuda de Deus. Quanto mais tentamos caminhar sozinhos tanto mais devemos admitir que não conseguimos. Um homem pode fazer só coisas à sua medida; mas aqui estamos a falar de uma vida nova que ganha sobre o natural egoísmo e leva ao amor.

 A Graça é um dom que recebemos no Batismo e nos acompanha, mas como todos os presentes que recebemos não o devemos deixar embrulhado fechado numa gaveta. Vamos aos Sacramentos, em particular aos da confissão e da comunhão; nunca nos afastemos deste santo caminho e rezemos com fé para aprender a escutar Deus que nos fala. Assim se consegue permanecer na Graça recebida e quanto ao resto entregamo-lo à Misericórdia do Senhor.

 

 

4 - ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA

O segundo Novíssimo é o JUÍZO. Uma palavra muito mal-entendida e rejeitada. Quanto mais o homem se afasta de Deus, mais dá oportunidade ao seu orgulho de crescer. Então pensemos: ninguém pode ou deve julga.

Existe a crença de que Deus e a Igreja não são bons porque não me aceitam tal como eu sou, apontam o dedo sobre a minha vida, apontam erros sobre as minhas escolhes… Assim, Deus tornou-se, na mentalidade de muitos e também de cristãos, um Patrão severo e sem piedade que castiga e manda para o inferno. Quantas gerações feridas desta ideologia errada! Quantos cristãos perderam de vista o Amor e a Bondade do Pai do Céu.

O momento do juízo final chegará para todos, para quem acredita e para quem não acredita, mas não devemos imagina-lo como um processo em tribunal onde nós somos os réus.

Trata-se de um encontro, não com um juiz, mas com um Pai que nos ama.

Também Nossa Senhora teve o seu momento de encontro, aliás, de reencontro com Deus na Pessoa de Seu Filho Jesus e entrou na glória.

Como já dissemos: vivemos desde agora na graça de Deus e, quando chegar aquele momento, será um deitar-nos nos braços do Pai do Céu confiantes na sua Misericórdia. Sem medo nenhum, Ele é o primeiro que nos quer perto de si por toda a eternidade.

 

 

5 - NOSSA SENHORA COROADA RAINHA DO CÉU E DA TERRA

Os últimos dois Novíssimos são a existência do Paraíso e do Inferno.  Uma vez aproximei-me de uma senhora que tinha perdido a própria mãe à pouco tempo, para consola-la disse-lhe que a mãe estava no céu e ela respondeu: “Assim dizem… Esperamos que seja assim”.

As vezes somos nós mesmo os batizados a não acreditar nesta realidade. Deus vem mesmo em nossa ajuda nas nossas fraquezas. Nas aparições de Fátima, por exemplo, ouvimos da boca de Nossa Senhora que Ela vem do céu, que levará para lá os pastorinhos… e também em julho, ela mostrou as três crianças o Inferno, onde caem as almas dos pobres pecadores.

Não esqueçamos que o Paraíso e o Inferno começam já nesta terra conforme as nossas escolhas. Na verdade, as vezes encontramo-nos em situações de sofrimento forte, não por nossa culpa. A estas pessoas, acredito, que Deus seja ainda mais próximo, Ele quer enxugar as suas lágrimas, confortar aquele coração e transformar o seu Inferno em Paraíso para gozar eternamente com Ele e os irmãos no céu.

 

 

 

Em destaque

Missão FCIM Turquel 2024
Por meio do meu Coração Imaculado levai Cristo ao mundo

Solenidade do Sagrado Coração de Jesus
Dia de oração pelas santificação dos Sacerdotes

CALENDÁRIO EVENTOS

Próximos eventos

CAMPISMO RAPAZES (10-13 anos)
Campo de Férias ICMS

CAMPISMO RAPARIGAS ( 13-17 anos)
Campo de Férias ICMS

CAMPISMO MENINAS (7-12 anos)
Campo de Férias ICMS

FAÇA SUA DOAÇÃO AGORA

Com uma pequena doação poderá ajudar-nos a construir a nova Igreja da FCIM dedicada a Nossa Senhora e a São José em Fátima

Dona alla fondazione

A revista “Maria di Fatima”
A revista oficial da Família do Coração Imaculado de Maria

JÁ SUA ASSINATURA |

NEWSLETTER

A newsletter é um instrumento para permanecer sempre em contato conosco e para ficar sempre atualizados sobre as principais atividades da Família do Coração Imaculado de Maria. Fazendo sua inscrição você receberá gratuitamente notícias, links e artigos.

5x1000 Fondazione Antognozzi
LA FONDAZIONE ANTOGNOZZI
sostiene il progetto della nuova
Opera FCIM a Fatima
Costruiamola insieme!!!
www.fondazioneantognozzi.it
Grazie!
Nuova Opera FCIM a Fatima

DOSES DE ESPIRITUALIDADE

Il tuo lavoro dev'essere orazione personale, deve trasformarsi in una splendida conversazione con il nostro Padre celeste. (San Josemaría Escrivà)