MENU

NEWS

Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração

Consolar a Mãe

Na aparição de 13 de junho de 1917, Nossa Senhora revelou à Irmã Lúcia que Jesus queria servir-se dela para fazê-La conhecer e amar.

Ele, disse, quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração.

Ainda mais, Nossa Senhora deixou-nos o seu Coração como refúgio e caminho para ir até Deus.

Escutamos das palavras do Pe. César um aprofundamento acerca destes assuntos.

 

 de Pe. César Cuomo icms

 

Podemos compreender que a devoção a Nossa Senhora e ao Seu Imaculado Coração não é um mero "acessório sentimental" da nossa fé, mas algo de grande importância, do qual depende a salvação de muitas almas e a paz temporal entre as nações.

Foi por um ato de infinita misericórdia que Deus nos deu a Virgem Maria como Mãe. 

Tendo em conta os méritos de Cristo, preservou-a do pecado desde o momento da sua conceção, de modo que nem por um momento da sua existência teve qualquer afinidade com o Maligno ou foi subjugada por ele, mas, pelo contrário, ele foge da sua presença porque sabe que de modo algum poderá enganá-la e fazê-la perder aquela humildade, pureza e caridade que a preservará por toda a eternidade de toda a mancha de impureza.

Teme-a, além disso, porque sabe que, sendo ela também nossa Mãe, está pronta a defender-nos de todas as suas armadilhas, desde que lho permitamos.

Nossa Senhora oferece-nos o seu Coração Imaculado como refúgio para nos proteger das forças do mal que tudo fazem para nos afastar d'Ela, que nos levam a desvalorizá-La ou, pior ainda, a blasfemá-La, porque sabem muito bem que sem Ela estamos perdidos, como uma criança raptada da sua mãe.

Por isso, será o próprio Jesus que esclarecerá a Lúcia porque é que os primeiros sábados, através dos quais se vive a devoção ao CIM, são cinco: precisamente para reparar as cinco atitudes que mais afastam as almas do amor materno de Maria, a saber:

1- Blasfémias contra a sua Imaculada Conceição;

2- Contra a sua Virgindade;

3- Contra a sua Maternidade divina e a recusa de a reconhecer como Mãe dos homens;

4 - A ação daqueles que publicamente incutem no coração das crianças a indiferença, o desprezo e até o ódio contra esta Mãe Imaculada;

5 - A obra daqueles que a ofendem diretamente nas suas imagens sagradas.

À primeira vista, pareceriam motivações de ordem meramente ideal, mas na realidade, banalizando e ofendendo gravemente a santidade da Mãe de Deus e nossa Mãe, produzem repercussões deletérias para a fé e, portanto, para a vida moral e a salvação dos homens, com consequências que, com o passar do tempo, são cada vez mais devastadoras e destrutivas para a vida da sociedade civil e para a paz entre as nações.

É para nos exortar, pelo contrário, a colocarmo-nos com amor e confiança nos seus braços, que Nossa Senhora nos convida à prática dos primeiros sábados, porque sabe que este é o caminho seguro para o Céu. 

Sim, porque a devoção a Nossa Senhora é de facto salutar para as almas, na medida em que as leva a consolar e a reparar as ofensas ao seu coração materno. A consolação é a expressão afectiva do amor que envolve a parte sentimental e emotiva da pessoa, impelindo-a a reparar, ou seja, a realizar actos concretos que também tornam eficaz o amor.

Quem se dispõe a consolar e a reparar as ofensas ao Imaculado Coração de Maria, abre-se plenamente ao amor por Ela. Isto gera infalivelmente um processo de purificação e de santificação do coração, que, voltando-se decididamente para Ela e, consequentemente, para Deus, coloca a pessoa decisivamente no caminho que conduz ao Céu. Enraizada no amor a Deus e a Nossa Senhora, ela torna-se, pela sua oração e vida coerente, uma fonte de luz para alcançar a graça que leva os outros à conversão.

Os primeiros sábados do mês revelam-se, portanto, o remédio ótimo, diretamente indicado pelo Céu, para reprimir a propagação do mal, extinguindo as suas explosões destruidoras com a água pura da graça que, jorrando do Coração Imaculado de Maria, está pronta a derramar-se, como rios de água viva, sobre as almas sedentas de salvação e de santidade.

Além disso, se tivermos compreendido verdadeiramente o seu espírito, não nos limitaremos a praticá-lo uma só vez na vida, para assegurar a assistência da Mãe de Deus na hora da nossa passagem para a eternidade, mas, movidos pelo amor à Virgem e pela solicitude caridosa pela saúde eterna dos nossos irmãos, praticá-lo-emos todos os primeiros sábados que pudermos.

 

 

Em destaque

Fátima e o Preciosíssimo Sangue
O Sangue Precioso de Cristo

Campismo raparigas Verão 2024
"A minha vocação é o Amor"

ATIVIDADES JULHO 2024
Programação Pastoral

CALENDÁRIO EVENTOS

Próximos eventos

FAÇA SUA DOAÇÃO AGORA

Com uma pequena doação poderá ajudar-nos a construir a nova Igreja da FCIM dedicada a Nossa Senhora e a São José em Fátima

Dona alla fondazione

A revista “Maria di Fatima”
A revista oficial da Família do Coração Imaculado de Maria

JÁ SUA ASSINATURA |

NEWSLETTER

A newsletter é um instrumento para permanecer sempre em contato conosco e para ficar sempre atualizados sobre as principais atividades da Família do Coração Imaculado de Maria. Fazendo sua inscrição você receberá gratuitamente notícias, links e artigos.

5x1000 Fondazione Antognozzi
LA FONDAZIONE ANTOGNOZZI
sostiene il progetto della nuova
Opera FCIM a Fatima
Costruiamola insieme!!!
www.fondazioneantognozzi.it
Grazie!
Nuova Opera FCIM a Fatima

DOSES DE ESPIRITUALIDADE

Buttiamoci ai piedi del Signore e supplichiamolo perché ci restituisca la sua amicizia e ci ristabilisca in una magnifica e casta fraternità d'amore. (San Clemente I, papa)