MENU

NEWS

SAI DA MINHA VIDA

A conversão de uma alma

de Irmã Paola Lanzilotti icms

Sem dúvida que uma das atitudes mais importantes que tento de aprender sempre mais e mais é aquela de escutar a voz de Deus que me fala no coração.

Deus fala, fala sempre… através de inspirações, emoções fortes, situações, imprevistos, relações humanas… É preciso ter atenção para se ouvir os Seus sussurros, para não deixar passar nenhuma das Suas palavras de vida eterna.

Ele quer estar connosco, assim como acontece entre amigos, namorados… e faz isso sempre, em cada momento, até nos mais simples e ordinários do nosso dia a dia e assim foi para mim no primeiro dia de Novembro, durante o maravilhoso Teatro que os nossos leigos da FCIM prepararam sobre a vida do Pe. Pio da Pietrelcina.

Foram muitas as cenas que me tocaram (o Senhor falou me através dos meus irmãos e irmãs e tenho a certeza que falou a todos aqueles que estavam dispostos a ouvir a sua voz) mas o que me marcou profundamente foi a da conversão de Emanuele Brunatto representado pelo nosso Miguel Santos.

 

Emanuele Brunatto, jovem da vida contraditória, não era certamente um santo, não vivia bem, envolvido em várias porcarias como o vício do jogo e quem sabe outros, mas este jovem estava atraído pela santidade de Pe. Pio. Ele ficou magoado quando leu sobre os jornais que o bispo de Manfredonia tinha feito a apresentar queixa ao santo padre acusando-o de ter relações sexuais com as suas filhas espirituais e de fazer orgias no convento, mentiras pesadas e terríveis. Emanuele tentou defender o Pe.Pio falando mal do bispo que na verdade, diz a história, não era um santo e não brilhava por virtude.

Mas isso não interessou ao pe.Pio, a sua reação foi surpreendente.

Quem és tu para falar assim de um bispo da Igreja!! Aprende a humildade! A humildade em cima de tudo!”. O padre, através do dom que tinha de ver o estado das almas, gritou-lhe os seus pecados na cara e o jovem visivelmente chocado fugiu para longe, em lágrimas.

Passou a noite toda de joelhos num bosque a chorar; estava a viver uma luta difícil, a de uma alma que vê as suas misérias e sente nojo de si mesmo, mas ao mesmo tempo sabe que não está a conseguir mudar de vida.

Aqui queria parar porque o que me marcou mais foram mesmo as palavras que ele continuava a repetir naquela noite interminável: “SAI DA MINHA VIDA, PADRE!! VÁ EMBORA! QUE QUERES DE MIM? VÁ EMBORA!”.

 

Na minha alma continuo até hoje a ouvir estas palavras e pergunto-me: porquê gritar assim contra uma pessoa que te ama? Porquê querer que saia da tua vida?

Às vezes o ser humano não se compreende a si mesmo e foge, foge para longe até mesmo para longe da sua salvação.

Desliga-se, corta todos os canais da graça de Deus para não pensar, para não ser abalado pelas suas escolhas erradas… não sabe o que faz! Até quando conseguirá esconder-se?

É assim tão difícil olhar nos olhos de quem nos ama quando não estamos capazes de aceitar este amor? Sim, às vezes é.

 Oh alma que choras os teus pecados e te sentes ao mesmo tempo atraído pela vida que estás a fazer, para os prazeres vãos do mundo que de dia parecem dar-te alegria e de noite atormentam-te, oh alma querida de Deus, só naquele olhar há salvação porque quem te ama não faz outra coisa senão dizer-te quanto Deus está apaixonado por ti.

Reconheces que afinal desejas aquele olhar que foges… Ninguém pode viver sem amor, sobre tudo quem experimenta o pecado.

 Ao regressar arrependido Emanuele encontra pe.Pio de joelhos que rezava diante do Sacrário.

É assim que os homens de Deus enfrentam as batalhas mais duras.

Eu não tirei nenhum curso de Teologia mas acho que nesta fase a alma encontra-se num estado de incapacidade para se  levantar e ao mesmo tempo de perceber bem a gravidade dos seus atos e o perigo que está a correr… Então afasta-se.

(O pecado deixa sempre uma marca também quando se volta ao caminho certo!)

Precisa de ajuda de alguém que tome conta dela, levando-a espiritualmente às costas.

Não está capaz de acolher a Graça de Deus, por isso rezamos e oferecemos, não só no geral mas tendo bem presente a pessoa para o qual nos estamos a oferecer e que queremos levantar.

Neste momento ela é só uma vítima do demónio que a tentou e a ganhou, mesmo que se trate de pequenas coisas. O inimigo não é a alma ferida e magoada, mas um outro que precisa vencer por meio da oração, dos sacrifícios. Não é isto que Nossa Senhora pediu em Fátima?

Reparar significa enfrentar esta luta, antes de tudo com si mesmo e depois com o tentador das almas! Isto foi o que o padre Pio fez por Emanuele Brunatto e por tantas outras almas.

Parece-me ouvir a voz do meu Fundador, que, uma vez, depois de ter obtido uma graça para alguém, sentindo em si toda a dor disse: “Isto é o preço a pagar por ela”.

Quanto custa ser instrumento para redimir uma alma! Nós da FCIM que abraçamos o espirito de Fátima, a Reparação, deveríamos saber bem tudo isto. A nossa vida pela salvação dos pecadores, junto a Cristo na cruz. Mas até fazermos a experiência da dor, de sofrer no nosso corpo pelas almas caídas, partilhando a dor de Deus e de Nossa Senhora, não conseguiremos amar verdadeiramente. A dor ensina o Amor!

Sente-o no teu corpo… não se dorme bem, quase não se come, às vezes chora-se, reza-se sem parar… mas confiantes! Isto é importante.

Assim fica-se mesmo perto de quem te disse “Sai da minha vida! Embora!”.

Assim luta-se, cada dia, a batalha maior… reparar.

A minha esperança está no Amor.

 

“Redimir uma alma frágil é como salvar uma árvore que está a secar. Tem que ser transplantada, tem que receber ar, água, luz, de maneira a que viva no bosque do Nosso Senhor”. 

 Dai-me Senhor a graça de aprender a fazer tudo isto.

 

Em destaque

Iº DOMINGO DO ADVENTO -3 de Dezembro 2023- ANO B
"Vigiai, porque não sabeis quando virá o dono da casa"

PRIMEIRO SÁBADO
Terço no 1º sábado do mês

Cristo revela o homem ao próprio homem
As razões da Encarnação (4ª parte)

CALENDÁRIO EVENTOS

Próximos eventos

CATEQUESE FCIM - Aveiro
O Catecismo da Igreja Católica explicado pelos Servos e Servas do Coração Imaculado de Maria

CATEQUESE FCIM FÁTIMA
O Catecismo da Igreja Católica explicado pelos Servos e Servas do Coração Imaculado de Maria

FAÇA SUA DOAÇÃO AGORA

Com uma pequena doação você poderá reacender a esperança de homens, mulheres e crianças no Brasil e também na Itália.

Dona alla fondazione

A revista “Maria di Fatima”
A revista oficial da Família do Coração Imaculado de Maria

JÁ SUA ASSINATURA |

NEWSLETTER

A newsletter é um instrumento para permanecer sempre em contato conosco e para ficar sempre atualizados sobre as principais atividades da Família do Coração Imaculado de Maria. Fazendo sua inscrição você receberá gratuitamente notícias, links e artigos.

5x1000 Fondazione Antognozzi
destina il tuo
5 x mille
con una firma
FONDAZIONE ANTOGNOZZI
976 041 401 58
ci aiuterai a sostenere le attività della
Famiglia del Cuore Immacolato di Maria
Grazie!
cinque per mille

DOSES DE ESPIRITUALIDADE

La tua preghiera è un discorso con Dio; quando leggi, Dio parla con te; quando preghi, tu parli con Dio. (Sant'Agostino)